31/12/2016

Violinistas #16: Nathan Milstein (1904-1994)

O primeiro concerto público de Nathan Milstein teve lugar na sua terra natal, Odessa, quando o violinista de origem russa apenas tinha 10 anos. Não tardou muito até começar a partilhar o palco com Vladimir Horowitz (1903-1989). Este último, ao contrário de Milstein, cultivava um estilo um pouco menos discreto, para não dizer outra coisa, pelo que era particularmente idolatrado pelo público, deixando para Milstein um papel mais secundário. O sucesso obtido pela dupla levou a que fossem convidados pelas autoridades russas a realizar uma turné internacional; corria o ano de 1925, e eles lá foram, só que Milstein aproveitou a oportunidade e nunca mais regressou...

Se houve compositor em que se distinguiu, tanto na Rússia como mais tarde nos Estados Unidos e na Europa Ocidental, foi Johann Sebastian Bach (1685-1750), prestígio granjeado tanto através dos recitais que deu como das gravações de referência que foi fazendo. E é precisamente com Bach e Milstein que ficamos nos vídeos exibidos mais abaixo.

Nathan Milstein nasceu, segundo algumas fontes, a 31 de Dezembro de 1904, passam hoje 112 anos.


Internet



Nathan Milstein
Legendary Violinists / The Strad / The New York Times / Wikipedia

25/12/2016

Instrumentistas #1: Ram Narayan (1927-)

A década de 1960 revelou-se de uma grande importância para a música clássica indiana: foi na segunda metade dessa década que Ravi Shankar (1920-2012) gravou conjuntamente com Yehudi Menuhin (1916-1999) o álbum West Meets East, e foi também nessa década que Ram Narayan efectuou a sua primeira turné pelos Estados Unidos e pela Europa.

Tocador de sarangi, um instrumento de cordas e arco muito popular na Índia e no Nepal, Ram Narayan enfrentou inúmeras dificuldades na sua tarefa de emancipar o seu instrumento de eleição, e que era tradicionalmente visto como um instrumento indicado para acompanhamento, principalmente de música vocal. Só em 1956, cerca de dez anos depois de ter começado a tocar regularmente sarangi, é que conseguiu levar a cabo um concerto a solo sem ter sido corrido do palco.

Ram Narayan celebra hoje o seu 89º aniversário.


Internet



Ram Narayan
Allmusic / Sarangi.net / Wikipedia

18/12/2016

Poemas Sinfónicos #7: Praga, de Josef Suk

O compositor checo Antonín Dvorák (1841-1904) faleceu em Maio de 1904, um acontecimento que se viria a revelar marcante na carreira de Josef Suk (1874-1935), genro de Dvorák e igualmente compositor. Um ano e pouco depois Otilie, esposa de Suk e filha de Dvorák, iria também falecer, o que marcou definitivamente Josef Suk que, de um estilo composicional que se pode definir como romântico tardio, passou para um outro nitidamente mais reservado, semeado de obras bem mais complexas e reveladoras das emoções que o assolavam.

O poema sinfónico Praga foi composto em 1904, marcando portanto a transição entre os dois períodos composicionais de Suk. Estreado no dia 18 de Dezembro de 1904, passam hoje 112 anos, antecedeu a composição da Sinfonia Asrael, a obra que assinalou a entrada no novo ciclo e, simultaneamente, a sua mais emblemática e conhecida.


SACD



Josef Suk
A Summer's Tale, Op.29. Praga, Op.26.
BBC Symphony Orchestra
Jirí Belohlávek
Chandos CHSA5109
(2012)


Internet



Josef Suk
New World Encyclopedia / Naxos / Wikipedia

11/12/2016

Compositores #121: Ravi Shankar (1920-2012)

Depois de um início mais dedicado à dança, ligado à companhia fundada pelo seu irmão, Ravi Shankar começou a dedicar-se, a partir dos finais da década de 1930, ao estudo do sitar, um instrumento indiano da família do alaúde. A aprendizagem foi de tal maneira bem sucedida que cerca de um ano depois dava o seu primeiro concerto público.

Não tardaria muito para Shankar se transformar numa das referências da música clássica indiana, reputação reforçada pelo primeiro encontro que teve com o violinista Yehudi Menuhin (1916-1999) aquando da primeira visita deste à Índia, em 1952. Da relação estabelecida entre ambos resultaria, uns anos mais tarde, o álbum West Meets East, lançado inicialmente em Inglaterra em Janeiro de 1967 e uns poucos meses depois nos Estados Unidos, disco esse que viria a ganhar um Grammy, por sinal o primeiro atribuído a um músico de origem asiática.

Ravi Shankar faleceu há 4 anos, no dia 11 de Dezembro de 2012.


CD



West Meets East
The Historic Shankar/Menuhin Sessions
Ravi Shankar (sitar), Yehudi Menuhin (violino)
HMV ASD2294
(1966)


Internet



Ravi Shankar
The Ravi Shankar Foundation / East Meets West Music / biography.com / Wikipedia

04/12/2016

Poetas #11: Stefan George (1868-1933)

Para as suas obras vocais (canções, cantatas, etc.) os compositores socorreram-se frequentemente de poemas de autores mais ou menos conhecidos, havendo casos em que essa associação entrou definitivamente para a história da música (ex.: os ciclos de canções de Franz Schubert e de Robert Schumann baseados em poemas de Heinrich Hein).

Stefan George foi um poeta alemão cujos versos davam um particular relevo ao poder e ao heroísmo, características que lhe terão valido uma especial admiração por parte dos simpatizantes do movimento nacional socialista. Uma ideologia que o poeta nunca professou, ao ponto de ter abandonado o país pouco depois da chegada ao poder dos nazis.

Dos vários compositores que musicaram poemas seus, os da Segunda Escola de Viena destacaram-se claramente, em especial o pai dessa escola, Arnold Schoenberg (1874-1951). Até aqui tudo mais ou menos normal; o que é menos usual, contudo, é que uma das obras em que Schoenberg utilizou poemas de Stefan George foi num... quarteto de cordas, no caso o segundo.

Stefan George faleceu há 83 anos, no dia 4 de Dezembro de 1933.


CDs



Arnold Schoenberg
String Quartets - No.1 in D minor, Op.7; No.2 in F sharp minor, Op.10; No.3, Op.30;
No.4, Op.37; in D major.
Anton Webern
Five Movements from String Quartet, Op.5. String Quartet. Six Bagatelles for String Quartet, Op.9.
Alban Berg
Lyric Suite for String Quartet. String Quartet, Op.3.
Margaret Price (soprano)
LaSalle Quartet
Brilliant Classics 9016

Arnold Schoenberg
String Quartet No.2, Op.10.
Anton Webern
Six Bagatelles, Op.9. Langsam, 'Schmerz immer, Blick nach oben'.
Alban Berg
Lyric Suite.
Sandrine Piau (soprano), Marie-Nicole Lemieux (contralto)
Quatuor Diotima
Naïve V5240
(2010)

Arnold Schoenberg
Complete String Quartets.
Alban Berg
Lyric Suite - String Quartet. String Quartet, Op.3.
Anton Webern
String Quartet, Op.5 - 5 movements.
Juilliard Quartet
United Archives UAR023
(1950-1952)


Internet



Stefan George
The Guardian / Encyclopedia.com / Wikipedia