06/08/2017

Gaitistas #1: Larry Adler (1914-2001)

And now for something completely different: A harmónica não foi, não é e dificilmente virá a ser o primeiro instrumento que nos vem à cabeça quando falamos de música erudita, pelo que devemos dar todos o crédito ao norte-americano Larry Adler pelos feitos realizados. Conseguir fazer com que compositores como Malcolm Arnold (1921-2006), Arthur Benjamin (1893-1960), William Walton (1902-1983) e Ralph Vaughan Williams (1872-1958) tivessem escrito obras não só para esse instrumento mas especificamente para Larry Adler, é algo de que poucos se poderão gabar.

Adler, que apresentava a harmónica como um "órgão de boca", acabou por ganhar uma estatura de estrela, e paga como tal, se bem que parece que era tão bom a ganhar dinheiro como a gastá-lo... Trabalhou, entre outros, com George Gershwin (1898-1937) e Dizzie Gillespie (1917-1993), até que, em 1948, a sua sorte mudou bruscamente: acusado de simpatizante dos comunistas, teve que abandonar os Estados Unidos, passando a viver em Londres a partir de 1949, cidade onde faleceu no dia 6 de Agosto de 2001, passam hoje 16 anos.


Internet




Larry Adler
The Guardian / New York Times / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário