20/08/2017

Violoncelistas #16: Maurice Gendron (1920-1990)

Sendo o violoncelo um dos meus instrumentos favoritos é compreensível, pelo menos eu assim o acho..., que procure todas as desculpas para aqui trazer os seus melhores intérpretes. Hoje calha então a vez ao francês Maurice Gendron, violoncelista, maestro e professor falecido no dia 20 de Agosto de 1990, passam hoje 27 anos.

A faceta de violoncelista é a que mais me interessa agora, deixando para outra altura a de professor (que foi algo mais polémica, com acusações de que era um "professor abusivo"). Como violoncelista foi um dos expoentes do século XX, com o mês de Dezembro de 1945 a ser decisivo para o arranque da carreira: no dia 2 deu um recital no Wigmore Hall, e logo acompanhado por Benjamin Britten (1913-1976) ao piano; ainda nesse mês estreou em solo europeu o Concerto para Violoncelo Nº1 de Sergei Prokofiev (1891-1953). Este último concerto, em particular, foi determinante para o início da carreira, algo reconhecido pelo próprio Gendron: "Ninguém queria ouvir Maurice Gendron, mas toda a gente queria ouvir Prokofiev!"...


CDs



Johannes Brahms
Double Concerto for Violin and Cello in A minor, Op.102.
Sergei Prokofiev
Cello Concerto in E minor, Op.58.
Gabriel Fauré
Elégie, Op.24.
Maurice Gendron (violoncelo), Arthur Grumiaux (violino)
Stuttgart Radio Symphony Orchestra, Hans Müller-Kray
Frankfurt Radio Symphony Orchestra, Sixten Ehrling
Melo Classic MC3011
(1956, 1962)

'L'Art de Maurice Gendron'.
Maurice Gendron (violoncelo), Jean Françaix, Hephzibah Menuhin,
Peter Gallion (pianos), Yehudi Menuhin, Robert Masters (violinos),
Derek Simpson (violoncelo)
London Philharmonic Orchestra, Karl Rankl
Suisse Romande Orchestra, Ernest Ansermet
Vienna Symphony Orchestra, Christoph von Dohnányi
Orchestre des Concerts Lamoureux, Pablo Casals
London Symphony Orchestra, Raymond Leppard
National Orchestra of Monte-Carlo Opera, Roberto Benzi
Decca 4823 849
(1946-1969)


Internet



Maurice Gendron
Internet Cello Society / allmusic / The New York Yimes / Wikipedia

Sem comentários:

Enviar um comentário