25/03/2017

Violoncelistas #15: Natalie Clein (1977-)

"A Room for London" é uma instalação em forma de barco plantada no Queen Elizabeth Hall, em Londres, com uma vista privilegiada sobre a cidade e o rio Tamisa, e que oferece aos convidados uma experiência que pretende ser única:

"There can be few places to stay a night in London quite as unusual, poetic and life-enhancing as A Room for London Living Architecture's 'boat' perched, as if by retreating floodwaters, on the very edge of the Queen Elizabeth hall at the Southbank Centre. The one-bedroom installation is intended to offer guests a place of refuge and reflection amidst the flow of traffic at this iconic location in the capital. "


Em troca, espera-se que os convidados deixem registos e pensamentos da experiência vivida durante a estadia. O barco, que de momento se encontra encerrado devido a obras que estão a decorrer no Queen Elizabeth Hall, poderá futuramente conhecer outros poisos na cidade, pelo menos é essa a intenção anunciada pelos responsáveis.

A violoncelista inglesa Natalie Clein, que hoje celebra o seu 40º aniversário, já por lá passou, em Agosto de 2012, e deixou-nos um testemunho sob a forma daquilo que melhor sabe fazer: a tocar violoncelo..., num programa que não é para puristas, onde Johann Sebastian Bach (1685-1750) aparece rodeado de György Ligeti (1923-2006), Witold Lutoslawski (1913-1994), Benjamin Britten (1913-1976) e György Kurtág (1926-).


Internet

A Room for London
https://youtu.be/yyNpR3-p5qg

Natalie Clein
Natalie Clein / Hyperion Records / Wikipedia

19/03/2017

Quartetos de Cordas #14: Quarteto de Cordas Nº1, de Béla Bartók

O primeiro concerto para violino do compositor húngaro Béla Bartók (1881-1945) foi escrito entre 1907 e 1908, numa altura em que andava perdido de amores pela violinista Stefi Geyer (1888-1956). Como seria de esperar, Bartók dedicou-lhe esse concerto, mas o coração de Geyer apontava para outras latitudes, pelo que ela acabou por rejeitar a obra, que apenas seria estreada em 1958, já nenhum dos dois se encontrava vivo.

Ainda em 1908 compôs o seu primeiro quarteto de cordas, desta vez não dedicado a Geyer mas seguramente inspirado na violinista: as primeiras notas são idênticas às que abrem o segundo movimento do concerto para violino, e que eram nem mais nem menos do que a forma que Bartók encontrou para retratar Geyer musicalmente. Fosse hoje em dia (pelo menos em Portugal) e, em face de tal rejeição amorosa, ela acabaria provavelmente na morgue e ele na prisão, mas naquela altura eram bem mais civilizados...

A estreia do quarteto de cordas nº1 de Bartók aconteceu no dia 19 de Março de 1910, passam hoje 107 anos.


CDs




Béla Bartók
String Quartets - No.1, Sz40; No.2, Sz67; No.3, Sz85; No.4, Sz91; No.5, Sz102; No.6, Sz114.
Takács Quartet
Decca 445 297-2

Béla Bartók
String Quartets - No.1, Sz40; No.2, Sz67; No.3, Sz85; No.4, Sz91; No.5, Sz102; No.6, Sz114.
Juilliard Quartet
Pearl GEMS0147
(1950)

Béla Bartók
String Quartets - No.1, Sz40; No.2, Sz67; No.3, Sz85; No.4, Sz91; No.5, Sz102; No.6, Sz114.
The Fine Arts Quartet
Music and Arts CD1176

Béla Bartók
String Quartets - No.1, Sz40; No.2, Sz67; No.3, Sz85; No.4, Sz91; No.5, Sz102; No.6, Sz114.
Belcea Quartet
EMI 3 94400-2
(2007)

Béla Bartók
String Quartets - No.1, Sz40; No.2, Sz67; No.3, Sz85; No.4, Sz91; No.5, Sz102; No.6, Sz114.
Alban Berg Quartett
EMI 7 47720-8


Internet



Béla Bartók
Boosey and Hawkes / allmusic / The Famous People / Wikipedia

12/03/2017

Obras Orquestrais #31: Cello Symphony, de Benjamin Britten

Quando falamos do compositor inglês Benjamin Britten (1913-1976) e do violoncelo é quase inevitável que falemos também de Mstislav Rostropovich (1927-2007), visto que lhe foi dedicada a maioria das obras que Britten compôs para esse instrumento. A primeira obra que Britten escreveu para Rostropovich foi uma Sonata para Violoncelo, corria o ano de 1961; a obra seria estreada em Julho desse mesmo ano pelo dedicatário, no decorrer do Festival de Aldeburgh.


Em 1963 chegou a vez de escrever uma Sinfonia para Violoncelo e Orquestra, de novo com Rostropovich como destinatário. Curioso o nome que deu à obra, chamar Sinfonia a algo que normalmente se designaria por Concerto para Violoncelo e Orquestra, mas lá terá tido as suas razões (pensa-se que tal estará relacionado com o facto de o violoncelo aparecer frequentemente misturado com os restantes instrumentos da orquestras, aparecendo menos vezes a brilhar a solo do que aquilo que seria expectável num concerto para violoncelo).

A estreia da Cello Symphony teve lugar no dia 12 de Março de 1964, passam hoje 53 anos.


CD



Benjamin Britten
Symphony for Cello and Orchestra, Op.68.
William Walton
Concerto for Cello and Orchestra.
Julian Lloyd Webber (violoncelo)
Academy of St Martin in the Fields
Neville Marriner
Philips 454 442-2


Internet



Benjamin Britten
Britten-Pears Foundation / Boosey & Hawkes / Wikipedia

05/03/2017

Quartetos de Cordas #13: Quarteto de Cordas em fá maior, de Maurice Ravel

No que toca a quartetos de cordas e ao compositor francês Maurice Ravel (1875-1937) a contabilidade é relativamente fácil de fazer: apenas escreveu um. Tal e qual como Claude Debussy (1862-1918), que o compôs entre 1892 e 1893, cerca de 10 anos antes de Ravel iniciar o seu.

A referência a este facto não é inocente, uma vez que esta obra de Debussy serviu de óbvia inspiração para o quarteto de cordas de Ravel. Escrito entre 1902 e 1903, teve a sua estreia, em Paris e com o Quarteto Heymann, no dia 5 de Março de 1904, passam hoje 113 anos.

O dedicatário desta obra foi o compositor e seu antigo professor Gabriel Fauré (1845-1924) que, por sinal, ficou bem menos impressionado com ela do que Debussy...


CDs




Maurice Ravel
String Quartet in F major.
Gabriel Fauré
String Quartet in E minor, Op.121.
Ad Libitum Quartet
Naxos 8.554722
(1999)

Maurice Ravel
String Quartet in F major.
Claude Debussy
String Quartetin G minor, Op.10.
Gabriel Fauré
String Quartet in E minor, Op.121.
Quatuor Ebène
Virgin Classics 5 19045-2

Maurice Ravel
String Quartet in F major.
Henri Dutilleux
Ainsi la nuit.
Claude Debussy
String Quartet in G minor, Op.10.
Arcanto Quartet
Harmonia Mundi HMC90 2067
(2009)

Alexander Borodin
String Quartet No.2 in D major.
Maurice Ravel
String Quartet in F major.
Dimitri Shostakovich
String Quartet No.8 in C minor, Op.110.
Borodine Quartet
BBC Legends BBCL4063-2

Claude Debussy
String Quartet in G minor, Op.10.
Maurice Ravel
String Quartet in F major.
Talich Quartet
La Dolce Volta LDV08
(2012)

Maurice Ravel
String Quartet in F major.
Henri Dutilleux
Ainsi la nuit.
Claude Debussy
String Quartet in G minor, Op.10.
Belcea Quartet
EMI Debut 5 74020-2


Internet



Maurice Ravel
bio.com / allmusic / Wikipedia