29/04/2018

Maestros #79: Malcolm Sargent (1895-1967)

Malcolm Sargent foi um maestro inglês reconhecido pela queda que tinha para as obras vocais, mas também pela incansável divulgação das obras dos seus compatriotas. Foi o maestro principal dos famosos Concertos Promenade, entre 1948 e 1967, ano da sua morte. Dirigiu inúmeras last nights dos Proms, devendo-se-lhe em grande parte a popularidade de que elas atualmente ainda gozam. Mas, se por um lado lá brilhou, por outro também fez brilhar, e foi no seu reinado que se verificaram as estreias nos Proms de alguns dos mais reputados maestros da altura, como Pierre Boulez (1925-2016), Carlo Maria Giulini (1914-2005), Bernard Haitink (1929-), Georg Solti (1912-1997) e Leopold Stokowski (1882-1977).

As composições de Edward Elgar (1857-1934) foram presença assídua nos concertos e nas gravações de Malcolm Sargent, e é com ambos que ficamos hoje, dia em que passam 123 anos sobre o nascimento deste maestro.


CD



Frederick Delius
Violin Concerto
Edward Elgar
Violin Concerto in B minor, Op.61.
Albert Sammons (violino)
Liverpool Philharmonic Orchestra, Malcolm Sargent
New Queen's Hall Orchestra, Henry Wood
Naxos Historical 8.110951
(1929, 1944)

Edward Elgar
Elgar's Interpreters on Record, Volume 5
The Dream of Gerontius (excerpts). Caractacus (excerpts). With Proud Thanksgiving.
I. Baillie, E. Suddaby (soranos), A. Desmond, M. Brunskill, M. Jarred (contratenores),
H. Nash, W. Widdop, E. Reach (tenores), A. Cranmer, E. Brown (barítonos),
H. Stevens, K. Falkner (baixos)
Hallé Choir
Hallé Orchestra, Malcolm Sargent
City of Birmingham Symphony Orchestra, Stanford Robinson
Elgar Editions EECD003-5

Edward Elgar
Enigma Variations
Albert Coates
Purcell Suite
Gustav Holst
The Perfect Fool, Op.39
Georg Friedrich Handel
Messiah, HWV56 - Overture; Pastoral Symphony
Samuel Coleridge-Taylor
Othello Suite, Op.79.
London Symphony Orchestra
Malcolm Sargent
Beulah 2PD13


Youtube



Malcolm Sargent
Bach Cantatas Website / BBC / Wikipedia

22/04/2018

Pianistas #53: Arnaldo Cohen (1948-)

Concurso Internacional de Piano Ferruccio Busoni foi criado em 12 de Setembro de 1949 e teve a primeira edição nesse mesmo ano. O comité honorário foi composto por um conjunto absolutamente notável de pianistas, a saber: Claudio Arrau (1903-1991), Wilhelm Backhaus (1884-1969), Alfred Cortot (1877-1962), Walter Gieseking (1895-1956), Dinu Lipatti (1917-1950), Arturo Benedetti Michelangeli (1920-1995) e Artur Rubinstein (1887-1982).

Nessa primeira edição não foi atribuído o primeiro prémio, mas no quarto lugar ficou o pianista austríaco Alfred Brendel (1931-), que viria construir uma extraordinária carreira e que passa por ser um dos meus pianistas de eleição (entretanto já se retirou dos palcos). Nos segundo e terceiro lugares ficaram, respetivamente, Lodovico Lessona (1928-1972) e Rossana Orlandini, com carreiras bem mais modestas...

O vencedor em 1972 foi o aniversariante de hoje, o pianista brasileiro Arnaldo Cohen (nasceu no dia 22 de Abril de 1948). E é pelo Brasil que ficaremos, com Cohen a interpretar obras de vários seus compatriotas.


CD



Brasiliana
Three Centuries of Brazilian Music
Arnaldo Cohen (piano)
BIS CD-1121
(2000)


Youtube



Arnaldo Cohen
Arnaldo Cohen / Indiana University Bloomington / Wikipedia

15/04/2018

Maestros #78: Neville Marriner (1924-2016)

O maestro inglês Neville Marriner já por aqui passou várias vezes, nomeadamente aquando do seu 80º aniversário e, 12 anos volvidos, quando fomos surpreendidos com a notícia da sua morte. Deixou-nos um grande número de gravações, superior a 600, em que foi não poucas vezes acompanhado por alguns dos mais reputados solistas. Entre eles contou-se o pianista norte-americano Murray Perahia (1947-), que também tem sido frequente visita das salas de gravação, com uma já extensa lista de discos no cv...

Hoje, dia em que Marriner celebraria o seu 94º aniversário, ficamos com uma gravação em que dirige a sua Academy of St Martin in the Fields, orquestra por ele fundada em 1958, no Concerto para Piano e Orquestra Nº2 de Ludwig van Beethoven (1770-1827). O solista é, obviamente, Murray Perahia.


Youtube




Neville Marriner

Academy of St Martin in the Fields / Decca / The Telegraph / Wikipedia

08/04/2018

Sonatas para Piano #4: Sonata para Piano Nº6, de Sergei Prokofiev

Durante os anos em que decorreu a II Grande Guerra o compositor russo Sergei Prokofiev (1891-1953) compôs 3 sonatas para piano que ficaram para a história como as "Sonatas da Guerra". A primeira delas, a sonata nº6 em lá maior, op.82, foi composta entre 1939 e 1940, antes, portanto, da invasão da União Soviética pelas forças nazis.

A estreia, no dia 8 de Abril de 1940, passam hoje 78 anos, ficou a cargo do lendário pianista soviético Sviatoslav Richter (1915-1997). As obras de Prokofiev tiveram sempre um destaque especial no repertório de Richter, e foram várias as obras do compositor estreadas por este pianista.

Não será de espantar, portanto, que as gravações de Richter constem da "short list" das melhores desta sonata, e é com ele que ficamos hoje, que a vez dos outros há-de chegar...


CD



Sergei Prokofiev
Piano Sonatas Nos.2 in D minor, Op.14; 6 in A major, Op.82; 9 in C major, Op.103.
Sviatoslav Richter (piano)
Praga PR50015


Youtube



Sergei Prokofiev
BBC / ALLMUSIC / CMUSE / Wikipedia

01/04/2018

Compositores #130: Sergei Rachmaninov (1873-1943)

O russo Sergei Rachmaninov, sobejamente conhecido como compositor, foi também um extraordinário pianista, um dos maiores do seu tempo. Quando se mudou para os Estados Unidos, em Novembro de 1918, apenas alguns dias antes do fim da 1ª Grande Guerra, começou por se dedicar principalmente à carreira de pianista, por ser a forma mais rápida de assegurar rendimentos que lhe permitissem viver nesse país.

Não é de espantar que as peças para piano tenham um lugar de destaque no conjunto da sua obra: além das peças para piano solo (a rondar umas 7 dezenas), efetuou transcrições para piano de obras de outros compositores e escreveu 4 concertos para esse instrumento. Felizmente para nós, Rachmaninov é um daqueles casos em que temos a oportunidade de ouvir o compositor a interpretar as suas próprias obras, através de várias gravações que estão disponíveis no mercado.

Pois é com Rachmaninov a tocar Rachmaninov que ficamos hoje, dia em que passam 145 anos sobre a data do seu nascimento, ocorrido a 1 de Abril de 1873.


CD



Sergei Rachmaninov
Rachmaninov Plays Rachmaninov
Piano Concertos - No.1 in F sharp minor, Op.1 (ver. 1917); No.2 in C minor, Op.18;
No.3 in D minor, Op.30; No.4 in G minor, Op.40. Rhapsody on a Theme of Paganini
in A minor, Op.43. Morceaux de fantaisie, Op.3. Etudes-Tableaux, Op.33.
Sergei Rachmaninov (piano)
Living Era AJD2014


Internet



Sergei Rachmaninov
Boosey and Hawkes / Royal Opera House / Wikipedia