25/08/2019

Violinistas #20: Christian Ferras (1933-1982)

O concerto que deu em Vichy, França, no dia 25 de Agosto de 1982, passam hoje 37 anos, deveria ter sido apenas mais um dos concertos do violinista francês Christian Ferras. Já era senhor na altura de uma carreira bem sucedida, só que ainda bastante novo, pelo que nada fazia prever que aquela fossa a última vez que tocaria em público. Mas foi, uma vez que o violinista faleceria no mês seguinte.


Depois de alguns anos a gravar para a (saudosa) EMI, Christian Ferras passou para a Deutsche Grammophon a partir de 1964, ano em que gravou para essa editora o Concerto para Violino de Johannes Brahms (1833-1897), em conjunto com a Orquestra Filarmónica de Berlim sob a direção de Herbert von Karajan (1908-1989).


CDs



Franz Schubert
Rosamunde Overture, D644.
Alban Berg
Violin Concerto, 'To the Memory of an Angel'.
Anton Bruckner
Symphony No.9 in D minor (ed. Nowak).
Christian Ferras (violino)
Berlin Philharmonic Orchestra
Joseph Keilberth
Testament SBT2 1472
(1960)



L'Art de Christian Ferras
Christian Ferras (violino)
Deutsche Grammophon 480 6655


YouTube



Christian Ferras
The Violin Channel / Medici.tv / Wikipedia

18/08/2019

Maestros #85: Basil Cameron (1884-1975)


Se ter um nome germânico ou que soasse como tal poderia facilitar a carreira (internacional) de um maestro nos inícios do século XX, tal deixou seguramente de ser verdade a partir de 1914, altura em que rebentou a 1ª Grande Guerra. Assim se explica o facto de o inglês (de ascendência alemã) Basil Cameron ter começado por utilizar o nome Basil Hindenberg no início da sua carreira de regente musical, e de o ter rapidamente mudado para o original Basil Cameron assim que se ouviram os primeiros tiros do referido conflito...

Depois de ter passado a maior parte da década de 1930 nos Estados Unidos, Basil Cameron regressou a Inglaterra em 1938, não mais deixando esse país. Acabaria por ser um dos maestros mais ativos nos Proms com, segundo os registos da BBC, 437 presenças em palco, entre 1941 e 1964, sendo que neste último ano dirigiu o concerto da última noite, sempre uma ocasião especial.

Basil Cameron nasceu há 135 anos, no dia 18 de Agosto de 1884.


CD



Benjamin Britten
Piano Concerto in D, Op.13 (revised version).
Mátyás Seiber
To Poetry (Song cycle for high voice and piano).
Alan Bush
Voices of the Prophets, Op.41.
Noel Mewton-Wood (piano), Pear Pears (tenor)
London Symphony Orchestra
Basil Cameron
Testament SBT1493


YouTube




Basil Cameron
Classical Source / AllMusic / Bach Cantatas Website / Wikipedia

11/08/2019

Maestros #84: Rafael Kubelik (1914-1996)

O assassinato do arquiduque Franz Ferdinand (1863-1914), no dia 28 de Junho de 1914, foi determinante para o despoletar da 1ª Guerra Mundial, que começaria um mês depois e se estenderia por mais de 4 anos. Rafael Kubelik nasceu, naquilo que é hoje a República Checa, um dia depois do referido assassinato, e assumiu o primeiro posto, como diretor musical da Ópera de Brno, em 1939, coincidindo praticamente com o rebentar da 2ª Grande Guerra.

Apesar dos vários problemas tidos com o regime nazi, Kubelik manteve-se firme, mas não muito seguro..., na Checoslováquia. Já o mesmo não sucederia após o final da guerra e a posterior instalação de um regime comunista. Em 1948 deu à sola e apenas lá regressaria em 1990, já o tal regime tinha caído. Pelo caminho foi deixando a sua marca em vários compositores, nomeadamente nalguns seus compatriotas (esquecendo que Kubelik assumiu cidadania suíça em 1967), de que deixo aqui alguns registos.

Rafael Kubelik faleceu há 23 anos, no dia 11 de Agosto de 1996.


CDs



Antonín Dvorák
Legend in B flat minor, B122 No.10. Scherzo capriccioso, B131.
Léos Janácek
Sinfonietta.
Bohuslav Martinu
Double Concerto, H271.
Bedrich Smetana
The Bartered Bride - Overture; Polka; Furiant; Dance of the Comedians.
Philharmonia Orchestra
Czech Philharmonic Orchestra
Rafael Kubelik
Testament SBT1181

Léos Janácek
Sinfonietta. Taras Bulba. Concertino.
Rudolf Firkusny (piano)
Bavarian Radio Symphony Orchestra
Rafael Kubelik
Deutsche Grammophon 476 2196

Antonín Dvorák
Overtures. Symphonic Poems. Symphonic Variations.
Bavarian Radio Symphony Orchestra
Rafael Kubelik
Deutsche Grammophon 435 074-2

Josef Suk
Asrael, Op.27.
Bavarian Radio Symphony Orchestra
Rafael Kubelik
Panton 81 1101-2


YouTube




Rafael Kubelik
Rafael Kubelik / Bach Cantatas Website / Wikipedia

04/08/2019

Compositores #141: William Schuman (1910-1992)


William Schuman, não confundir com o bem mais famoso Robert Schumann (1810-1856), foi um compositor norte-americano, nascido e vivido durante o século XX. Deixou-nos uma obra extensa, distribuída pelos vários géneros musicais, desde o orquestral e concertante, passando pelo instrumental e de câmara, sem esquecer o vocal e o operático.

No que diz respeito a sinfonias, Schuman compôs dez, só que descartou as duas primeiras, datadas de 1935 e 1937. Daí, com algum humor à mistura, ter afirmado que compôs 8 sinfonias, numeradas de 3 a 10...

William Schuman nasceu há 109 anos, no dia 4 de Agosto de 1910.


CD



William Schuman
Symphonies - No.3; No.5, "Symphony for Strings"; No.8.
New York Philharmonic Orchestra
Leonard Bernstein
Sony Classical SMK63163


YouTube




William Schuman
A Conversation with Bruce Duffie / Dallas Symphony Orchestra / AllMusic / Wikipedia